Branding: Como melhorar a gestão de sua marca

Você já sabe o que significa Branding?
Se você tem uma empresa, uma marca, esse é um ponto muito importante que deve ser levado em consideração em suas ações, pois o reconhecimento e força de uma marca depende e muito da visão que o público tem dela e das ações voltadas para esse reconhecimento.
Além de pensar no nome, nas cores, letras, formas, sons você também precisa pensar nas lembranças e sensações.
É exatamente essa a função do Branding: despertar sensações e criar conexões conscientes e inconscientes, que serão cruciais para que o cliente escolha a sua marca no momento de decisão de compra do produto ou serviço.
A criação de um logotipo, escolha da fonte, discurso, tom de voz, valores da empresa, jingles, pessoas que irão representar, tudo isso ajuda a construir a personalidade de uma marca na mente do consumidor através de percepções e sensações.
Essas práticas auxiliam na criação de valor além do produto ou serviço. É mais que o produto, é quem a marca é. É a criação de significado por meios semióticos.

O que é Branding?


Basicamente, o Branding se refere a um conjunto de atividades que se destinam exclusivamente a gestão de uma marca, que engloba ações diversas quem tem o objetivo de trazer reconhecimento para essa marca e torná-la mais forte e presente em seu mercado.
Esse trabalho deve ser constante, começando com o surgimento da marca e seguindo com ela a partir daí, levando em consideração que uma boa marca não adquire todo o reconhecimento que deseja do dia para a noite, se trata de um processo.

Importância do Branding?


Com o aumento da competitividade entre as muitas marcas, apresentar um bom diferencial se tornou mais do que necessário, assim como ter um bom propósito para a marca.São tantas opções de produtos e serviços que se faz necessário apresentar algo de diferente, algo que traga um maior destaque para a marca.
Quando uma marca consegue se conectar verdadeiramente com seu consumidor através do seu propósito, sua missão ou seus valores, a percepção de preço pode mudar e muito para o consumidor, já que ele enxerga um valor real nessa aquisição, vê que realmente vale a pena investir nesse, e não em outro produto ou serviço.
Ter uma marca com uma verdadeira personalidade e propósito, criar um “algo em comum” com as pessoas, com suas histórias de vida, até mesmo suas causas e promover boas experiências de marca, são a chave para a recomendação, que gera uma atração orgânica, que hoje é uma das armas mais poderosas para aquisição de novos leads.

Muito mais que identidade visual


Quando falamos em marca, a primeira coisa que vem em mente é nome, logotipo e símbolos que logo de cara identificam a empresa em questão. Não que esses itens não sejam essenciais, pois são, mas a questão é que a marca necessita de muito mais do que isso.
O Branding engloba todo um trabalho de gestão de marca, que conta com diversas ações para identificação e reconhecimento da mesma. O Branding conta com missão, valores, causas, compatibilidades, e muitos outros fatores que tornam a marca mais bem vista e aceita pelo público, é como uma forma de “humanizar” a marca.

A experiência do público diz muito mais do que a proposta de valor


A experiência que o público tem com a marca fala muito mais sobre a empresa, produto e serviço sendo prestado do que eles mesmos. Quase sempre o cliente vê muito mais valor em um produto quando ele se identifica com o propósito, com a causa ou estilo de vida que a marca promove.
Isso faz com que percepção de preço dele mudo, o que antes era visto como caro, ou um investimento alto demais para ser feito, deixa esse status para trás e adquire um valor muito grande para esse consumidor, de forma que pareça um incentivo ou um investimento e não um gasto.

Relação emocional com o consumidor


Hoje em dia, a relação emocional com um produto ou marca é muito maior do que a ideia de consumo e mercado em si, porque as decisões de compra são muito mais emocionais do que racionais.
O consumidor quando se encanta e se identifica com a proposta de uma determinada marca ou produto, se sente muito mais atraído a comprar e consumir, do que alguém que não se identifica com a marca.

As Melhores Estratégias de Branding para sua marca


Com os cenários sendo transformados pela tecnologia, o Marketing Digital trouxe muitas possibilidades para o Branding, que já existia antes mesmo do surgimento da internet, sendo aplicado de formas diferentes em mídias mais tradicionais. Existe um conceito chamado digital Branding, que se trata de fazer o trabalho de Branding no ambiente digital.
Uma marca pode escolher canais personalizados e com baixos custos para se relacionar com seu público, assim como oferecer diferentes formas de compra. Existem diversas formas de trabalhar Branding. Continue lendo e confira algumas das melhores estratégias de Branding para aplicar em sua marca.

1. Identidade visual


Se trata das representações visuais da sua marca que ajudam a criar uma identidade na mente do consumidor, que englobam itens como logo, modelo de foto, fontes, cores, personagens, dentre muitos outros.
Quanto mais alinhada com a proposta da marca a identidade visual for, mais provável e rápida será a associação na mente de quem busca pelos serviços prestados pela marca, trazendo uma maior aderência da marca na mente do consumidor.
Crie seu manual de marca


Um bom manual de marca conta com todas as cores que a marca pode ter, qual a fonte foi usada na sua criação dela, logo, aplicações, quais são os códigos das cores, como ela deve ser aplicada em materiais, versões verticais e horizontais etc, deve ser bem completo e didático, como o próprio nome diz, um manual.

Determine um estilo


Busque exemplos de fotos que tenham uma mesma linha e que sirva de molde, exemplo para o estilo que você quer adotar para a marca. Procure seguir um estilo único, manter a identidade visual em questão, pois esse estilo comunicará muito da sua marca.

2. Tenha estratégias em suas ações


A estratégia faz o papel de passar para frente os valores não visuais da marca em questão. A criação de percepção pela estratégia se dá num nível mais profundo, o consumidor se identifica não só com o estilo (questões visuais), mas com os valores e ideais da marca criando uma conexão mais forte.

3. Personalidade da marca


Qual a personalidade tem a sua marca? Quais são os adjetivos que a desenham? Todas essas questões ajudam a criar uma imagem mental mais clara para o público de sua marca. De certa forma, se trata de imaginar como essa marca seria se fosse alguém.

4. Linguagem


Você precisa adequar a sua linguagem ao seu público. Pesquise quais são os termos mais usados pelos seus clientes em conversas e adote os que fazem sentido para sua marca. A linguagem é uma ferramenta muito forte de conexão e é fundamental “falar a língua” de seu público.

5. Canais


Onde seu público está? Quais canais ele mais usa? Existem muitos canais que você pode usar para se relacionar com seu público, como por exemplo o e-mail, o WhatsApp ou as redes sociais.

6. Marketing de Conteúdo


Uma boa estratégia de conteúdo não ajuda somente sua marca a se destacar nas buscas, mas faz com que ela tenha uma boa visibilidade e ganhe uma boa posição. Seu conteúdo deve ser personalizado para seu público e com a identidade da marca em todos os canais.

7. Posicionamento de marca


Ter um posicionamento é uma estratégia fundamental. Deve se estudar com muita cautela seu público alvo, saber quem eles são, onde estão, como se comunicam, qual a melhor linguagem, tendo em mente que você precisa saber o objetivo e as expectativas de seu público.

8. Marketing de experiência


O Marketing de Experiência busca estreitar os laços entre a marca e seu público, afinal de contas, essa estratégia busca criar momentos de conexão entre eles. Isso provoca respostas sentimentais por parte do público, o que acaba criando vínculos entre a marca e seus consumidores.
O Marketing de Experiência é muito importante para o trabalho de Branding, já que ele envolve o cliente no universo da marca, de forma a engajar, conquistar e acabar fidelizando esse cliente.

Como mensurar o sucesso das suas estratégias de Branding?


Tão importante como ter uma boa estratégia de Branding, é acompanhar todos os seus resultados. Dessa forma, você consegue realizar os ajustes necessários quando preciso e direcionar melhor seu conteúdo para seu público alvo.
Uma boa forma de descobrir se suas estratégias de Branding estão indo bem, é observando se o alcance de sua marca cresceu de alguma forma desde que as estratégias foram aplicadas.
As taxas de conversão também demonstram a eficiência de uma boa estratégia de Branding. Você pode avaliar a aquisição de novos clientes, quantidade de visitantes que se inscreveram em seu canal ou blog, o número de cliques em um anúncio ou landing page, e muito mais.
Finalizando, o engajamento de seu público é uma das melhores formas de saber se suas estratégias de Branding estão obtendo bons resultados.


Agora você já sabe a importância de um bom trabalho de Branding para sua marcas, independente de seu segmento ou porte, chegou a hora de colocar tudo que foi aprendido em prática! Quais vão ser as estratégias e ações de Branding que você vai adotar para tornar a sua marca líder de mercado?
Gostou desse conteúdo e das estratégias de Branding que sugerimos para implementar em seu negócio? Então continue acompanhando nossas publicações.
Entre em contato conosco para quaisquer esclarecimentos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin