O que é Inbound Marketing e como aplicá-lo?

Quem trabalha com o meio digital, já deve conhecer o termo Inbound Marketing e suas muitas vantagens. Se você nunca ouviu, precisa conhecer essa técnica que pode melhorar e muito a comunicação de sua empresa com seu público e consequentemente, trazer melhores resultados.


Inbound Marketing se refere a estratégias de marketing que visam atrair o interesse das pessoas em vez de ir atrás delas, como é feito no marketing tradicional. Também é chamado de Marketing de Atração e possui três grandes pilares para atrair e converter o público: SEO, Marketing de Conteúdo e Estratégias para as Redes Sociais.


Com todas as transformações e mudanças pelas quais a sociedade passa, os avanços digitais e as mudanças radicais nos comportamentos dos consumidores, tudo isso acabou mudando a forma com que as pessoas levam as suas vidas e a forma como se comunicam e buscam informações.


Com isso, as empresas precisam criar novas formas de se comunicar com seu público, de conquistar e manter seus clientes e o Inbound Marketing é a melhor das soluções para os meios digitais.


Muitas de empresas de todo mundo, usam essa estratégia de Marketing Digital que traz excelentes resultados para alavancar seu negócio. Quer aprender mais sobre o assunto e identificar de forma mais claro o que é Inbound Marketing e como aplicá-lo? Continue lendo.

O que é Inbound Marketing?

Inbound Marketing é o conjunto de estratégias de marketing que visam atrair e converter clientes usando conteúdo relevante. Diferente do marketing tradicional, no Inbound Marketing a empresa não vai atrás de clientes, mas explora canais como os mecanismos de busca, blogs e redes sociais para ser encontrada de uma forma mais orgânica.


O conceito de Inbound Marketing surgiu nos Estados Unidos e logo se popularizou.O Inbound Marketing acabou se expandindo, e a cada dia que passa, mais empresas de diferentes portes e segmentos estão aderindo a esse método para conquistar mais clientes, gerar mais vendas e reforçar ainda mais sua presença em seu mercado.


O Inbound Marketing pode ser definido como “marketing de atração”. A principal diferença entre o Marketing tradicional, que é chamado de Outbound Marketing e o Inbound, é que no Inbound Marketing, quem procura a empresa ou o serviço ofertado é o cliente e não a empresa que oferece.


Assim, são realizadas ações com o intuito de atrair o público em potencial para seu blog ou site e a partir daí, é feito todo um trabalho com um conteúdo relevante e de qualidade para estabelecer um relacionamento entre a empresa e seu público.


Esse tipo de conteúdo funciona como um meio de educar e engajar a audiência e potenciais clientes sobre o segmento de sua empresa, produto ou serviço, transformar a sua empresa em uma referência em determinado assunto relacionado ao seu mercado e influenciar na decisão de compra ou aceitação de futuros clientes.

Para que serve o Inbound Marketing

Nos dias atuais, é muito comum para todos acessarem a internet, já faz parte da rotina de uma grande maioria, entrar em redes sociais, fazer pesquisas, buscar por produtos e serviços diversos, tudo se tornou muito mais fácil e acessível com a internet.


Por essa razão é que todas as empresas podem utilizar conceitos de Inbound Marketing como método para interagir e engajar seu público. É possível adaptá-los e empregá-los em qualquer empresa, usando conteúdo informativo e para entretenimento. A ideia é falar o que seu público quer, utilizando a linguagem dele e estar onde ele está.


O Inbound Marketing foi além, ele atingiu patamares que o marketing tradicional não conseguiu, apesar de todas as diferenças entre os dois.
Uma das explicações para isso é o fato de que todas as ações relacionadas ao Inbound Marketing podem ser mensuradas, o que torna muito mais simples ter uma maior noção e controle de todas as ações realizadas. É possível saber quantas pessoas visualizaram, comentaram, compartilharam, converteram ou compraram algo em cada campanha por meio de algumas ferramentas.


O que faz com que o conhecimento dessas informações, torne possível a otimização dessas campanhas para ter um melhor retorno sobre investimento feito nas campanhas. E é por essa mesma razão que as empresas mais inovadoras do mercado têm usado e abusado de um bom trabalho de Inbound Marketing como uma de suas principais estratégias de Marketing para as mídias digitais.


O Inbound Marketing, de forma resumida, serve para aumentar e muito a visibilidade de seu negócio, trazendo ele a público, otimizando o processo de vendas, diminuindo os custos de aquisição de seus clientes, gerando conteúdos que fazem a real diferença para seu público, que são realmente educativos e atraindo clientes e um público em potencial.

Por que sua empresa precisa do Inbound Marketing?

Inbound Marketing é muito vantajoso e traz ótimos resultados para seu negócio. O mercado está cada vez mais comprando a ideia de aplicar a metodologia do Inbound Marketing, principalmente porque é bem mais barato que o Marketing convencional, que todos estavam acostumados a utilizar como uma ferramenta para promover campanhas.


Não ter uma estratégia de Marketing de Atração para sua empresa pode ser um fator determinante para você ficar atrás de seus concorrentes que já estão aplicando a metodologia. O Inbound Marketing é muito mais barato que o Marketing convencional e tem resultados impressionantes.


Os fatos de as pessoas estarem mais conectadas e sempre buscando soluções para os seus problemas nos mecanismos de busca, como por exemplo o tão conhecido e utilizado Google, acessando redes sociais e lendo blogs de seu interesse, deixam bem claro onde seu público está.

Inbound Marketing e Outbound Marketing

Nada do que foi dito significa que o Outbound Marketing não é uma boa opção, para muitos fins ele ainda é fundamental e traz melhores resultados em situações específicas. Esse tipo de marketing, tem seus pontos positivos e negativos, e pode funcionar muito bem agindo em conjunto com o Inbound Marketing.

Vantagens de utilizar o Inbound Marketing

Quer entender algumas das vantagens de se utilizar do Inbound Marketing como uma forma de engajar e interagir com o público? Continue lendo.

Eficácia

O Inbound Marketing é extremamente passivo, pois nele, a pessoa quer receber aquele conteúdo e vai atrás dele. Isso torna a aceitação e o entendimento da ideia sendo transmitida muito mais eficaz.

Interação do público com a marca

O Inbound Marketing permite uma maior interação entre o transmissor e o receptor. O público pode interagir com a marca, por meio das redes sociais, comentários nas redes ou em blog, dentre muitas outras formas.

Valor de investimento

O Inbound Marketing é uma ferramenta muito mais barata do que o Outbound Marketing, inclusive apresentas alguns formatos gratuitos. Sem contar que por ser muito mais fácil mensurar, você consegue ver se está obtendo os resultados desejados com seus investimentos, podendo muda de estratégia a qualquer momento.

Um maior engajamento

O Inbound Marketing também gera muito mais engajamento do que formatos mais tradicionais de mídia, é mais fácil que os clientes aceitem a ideia que está sendo sendo passada. Isso acontece porque com Inbound Marketing é muito mais fácil segmentar os conteúdos, entregando exatamente o que seus clientes e receptores buscam e precisam.

Mensuração de resultados

No Inbound Marketing a mensuração é muito mais fácil de ser feita, podendo ser realizada em tempo real. Já a mensuração de resultados para o Outbound Marketing, além de ser muito mais lenta, também não consegue ser totalmente precisa, em alguns casos não sendo possível.
O que não permite uma correção de estratégias imediata, já que é muito mais complexo e não tão rápido.

Como funciona o Inbound Marketing?


Existem alguns princípios no Inbound Marketing que fazem com que ele seja realmente eficaz e traga bons resultados para sua empresa ou marca, confira.

Definição da sua Persona

Se você quer se comunicar de forma efetiva, adequadamente e gerar bons resultados, você precisa conhecer bem o seu público, saber para quem você está falando. Por isso, se faz necessário desenvolver bem a sua persona. Esse deve ser o primeiro passo para qualquer negócio ou estratégia de marketing, independente de sua finalidade.

Personalização de conteúdo

Com o Inbound Marketing, uma empresa pode tornar cada um de seus clientes únicos personalizando seu conteúdo. Exclusividade e personalização de conteúdo faz muita diferença, faz com que seu público se sinta especial e cria uma certa “intimidade” maior com entre sua empresa e ele. É muito bom receber um conteúdo que você sabe que foi elaborado especialmente para ele.

Marketing de Conteúdo

A produção de um conteúdo exclusivo, informativo ou de entretenimento, é essencial para o funcionamento efetivo do Inbound Marketing. O conteúdo deve ser de qualidade, assertivo, interessante e atrativo para o público . Mais um motivo para se desenvolver bem a Persona e saber com quem você fala e por onde.

Entenda o funil de vendas

O funil de vendas é uma estratégia que lhe dá apoio à jornada de compra. Entender em qual etapa seu público está, também faz com que sua comunicação seja mais eficiente. A partir de determinados gatilhos, qualquer lead pode virar consumidor.
O funil de vendas é dividido em três etapas, o topo de funil, onde o público ainda está identificando o “problema”, o meio de funil, onde o público já é lead e está em busca de resolver o problema identificado, pesquisando opções e possibilidades e finalmente, o fundo de funil, onde os leads qualificados se tornam oportunidades, prontos para tomarem a decisão de “compra”.

Jornada de compra do cliente

Não basta conquistar o interesse orgânico das pessoas, é fundamental transformá-las em “clientes”, ou seja, vender. Por isso é importante identificar as etapas da jornada percorrida pelo público-alvo até o momento da compra.
Essa jornada parte da descoberta, passa pelo reconhecimento do problema, depois pela consideração da solução e vai até a decisão de compra. É importante entender cada uma dessas etapas e saber como interagir com seu público em cada uma delas.

Utilizar de diversos canais de comunicação

Vá para onde seus clientes estão, trabalhe com diversos canais ao mesmo tempo, faça campanhas e publicações nas redes sociais, vídeos no youtube, conteúdo nos blogs, entre outros. Esteja ao alcance de seu público e onde ele quer que você esteja.

Interação com o público

Não deixe de mensurar seus resultados e interaja cada vez mais com o seu público. Isso fará muita diferença para a imagem e reputação de sua empresa. Aproveite de todos os meios e da facilidade que a internet te dá para estreitar os laços com seu público.

As fases do Inbound Marketing


Agora que você já entende um pouco mais sobre o conceito e os fundamentos do Inbound Marketing, você já está mais familiarizado com a técnica.
Agora é hora de colocar tudo em prática. Continue lendo e compreenda as fases do Inbound Marketing, que são: atrair, converter, relacionar, fechar, analisar e encantar.

1ª fase: Atrair


O Inbound Marketing tem como uma de suas bases a atração do seu público de forma orgânica, espontânea. Mas não basta criar um site e deixá-lo de lado, esperando que seu público o encontre e decida comprar sua ideia ou produto. É de extrema importância utilizar estratégias que levam as pessoas certas para o seu site, blog, e-commerce etc.
O foco no Inbound Marketing não é ir atrás de pessoas e sim construir conteúdos relevantes e de qualidade que são interessantes para o sua Persona. E para assim, obter a atenção da seu público-alvo, algumas sujestões de estratégias são.
Sites/Blogs


Os Blogs são como pontos de partida para o Inbound Marketing. É importante planejar o conteúdo que será postado nele. Se todas as etapas forem realizado da forma correta, os blogs irão atrair leads e auxiliá-los durante sua jornada de compras. Esse é um meio de educar a sua público em potencial, informando, engajando e entretendo.
Uso de Palavras-chave
Não adianta ter um blog sensacional, com usabilidade, acessibilidade e bonito, se ele não tem uma boa quantidade de acessos. Com isso em mente, destacamos que é muito importante para alcançar seus fins, usar técnicas vão otimizar seu site e o coloquem no topo da lista de pesquisas do Google.
O uso de palavras-chave ou SEO, que se trata dos termos mais procurados na internet, é fundamental para essa finalidade. Todas as palavras selecionadas como mais relevantes devem aparecer nos artigos publicados em um blog, dessa forma, ele vai aparecer quando alguém digitá-las.
Afinal de contas, de que adianta ter um bom conteúdo se ele não pode ser encontrado pelo seu público.
Facebook Ads
Atualmente, o Facebook ainda é a rede social mais acessada na internet. E essa ferramenta permite bastante precisão nos anúncios, disponibilizando alguns filtros, permitindo que se segmente melhor suas ações na rede social. É possível segmentá-los por localização, interesses, idade, gênero, dentre outros.
Mídias Sociais
As redes sociais são ótimas ferramentas para atrair pessoas para sites, blogs etc. Essas mídias são usadas por muitos, o que faz com que elas atinjam uma grande quantidade de pessoas e tendem a ser uma das maneira mais eficientes para direcionar pessoas para um site.
É de extrema importância ter um conteúdo de qualidade e estar sempre atualizado. Uma característica do Inbound Marketing que já foi citada é a interação. É possível ter uma comunicação mais descontraída e efetiva nas redes sociais, uma comunicação mais pessoal com o público, que pode ser através de comentários, elogios ou até mesmo reclamações. Essa comunicação vai criar mais proximidade entre marca e cliente.
Existem muitas redes sociais com públicos e características bem diferentes como Pinterest, Instagram, Twitter, Youtube, dentre outras. Por isso, é importante pesquisá-las para encontrar a rede social perfeita para seu público, entender onde ele está.

2ª fase: Converter


Esse público que foi atraído precisam se tornar lead, é por isso que essa segunda etapa deve estar sempre associada à primeira. Essa etapa é a conversão, é onde o visitante entrega dados cadastrais, mostrando que realmente tem interesse em consumir ou aderir a ideia daquela marca.
Muitas empresas trabalham essa etapa oferecendo algo em troca desses dados, como Podcasts, e-books gratuitos, dentre outros. Essa pode ser uma boa estratégia, e facilitar ainda mais esse processo.
Call to action


Essas são as “chamadas para a ação”, como botões que chamam a pessoa para uma determinada ação. Isso fará com que a pessoa se cadastre e se torne um lead, recebendo algo em troca, como os exemplos citados acima. Elabore ofertas atraentes, desenvolvidas especialmente para seu público.

3ª fase: Relacionar

Na jornada de compra do cliente é possível entender que nem todo visitante está preparado para comprar o produto ou serviço naquele exato momento.
Pensando nisso, podemos identificar que é importante criar um relacionamento assertivo com os leads, e construir neles a necessidade e urgência da compra, desenvolver nele através de seu conteúdo uma necessidade e apresentar a solução com o serviço ou produto que oferece.

4ª fase: Fechar

Somente através das outras fases que você irá chegar aqui, transformar os leads em seus clientes. Esse fechamento acontece a partir do contato dos produtos ou serviços da empresa com o consumidor. Pode ser por meio de um e-mail marketing por exemplo, enviado quando o cliente se cadastrar para ter acesso a um conteúdo exclusivo, o importante é estar ciente com relação a qual etapa aquele lead se encontra e qual o problema ele quer solucionar.
Nesta fase, o foco está nos potenciais clientes, ou seja, no fundo de funil. Criar um bom relacionamento nessa etapa é necessário. Isso pode ser feito através do e-mail marketing que acompanha a venda, demonstrando interesse no cliente.

5ª fase: Encantar

O fato da pessoa já ser um cliente, não significa que você pode se esquecer dela. Essa fase é conhecida como encantamento. Nela você deve lembrar seu cliente de sua marca com conteúdos inteligentes e de valor, realizar pesquisas e monitorar.
Dessa forma eles irão ser fidelizados, podendo espalhar o nome de sua empresa positivamente por aí. O encantamento é a hora de estabelecer uma relação de confiança e causar uma boa impressão com cada nova informação e novo conteúdo criado e compartilhado.

6ª fase: Analisar

A última fase é analisar, que pode ser vista como uma das mais importantes. Como já foi dito, uma das grande vantagens do Inbound Marketing é a possibilidade de mensuração, por conta da quantidade de dados gerados pelas campanhas. O que permite uma análise exata dos resultados obtidos por suas campanhas em todo o processo.
Se trata de uma tarefa essencial para impulsionar e otimizar suas ações e campanhas, pois ao final de todas as etapas você pode usar as referências anteriores como base para as próximas campanhas, identificando o que deve e o que não deve ser feito, o que funciona e o que não funciona.
O Inbound Marketing é uma forma de se comunicar para atrair mais. Cada vez mais os usuários estão mais exigentes com os produtos e serviços que adquire. Utilizar as estratégias de Inbound Marketing é educar o seu cliente antes mesmo de fechar uma venda.
Da próxima vez que for planejar uma estratégia de marketing para sua empresa, lembre-se do Inbound Marketing, que quando bem feito, traz um maior retorno com mais significado.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin