Lebbe

Less, but better.

SEO e SEM: qual é a diferença e como usar cada estratégia

SEO e SEM são duas siglas parecidas, mas com conceitos diferentes. Para acertar nas estratégias de marketing digital da sua empresa e alcançar bons resultados, é preciso compreender as diferenças desses dois canais. 

Quando uma pessoa tem alguma dúvida, é normal recorrer a um mecanismo de busca da internet (principalmente o Google). Sendo assim, é importante que a sua empresa esteja bem posicionada nos mecanismos de busca e, portanto, consiga trazer mais visitantes para o site e clientes para o seu negócio.

As melhores formas de bem colocado é investindo em SEO (Search Engine Optimization), gerando um resultado orgânico da busca, em SEM (Search Engine Marketing), para alcançar um bom resultado pago.

Os dois canais são utilizados para alcançar seu público-alvo, mas com diferentes abordagens, desta forma, as empresas que ainda não entendem o funcionamento dessas ferramentas, podem ficar para trás. 

Quando ambos são aproveitados em todo o seu potencial, podem gerar ótimos resultados de marketing, potencializando a visibilidade e a autoridade da sua empresa no mundo online.

Quer conhecer a diferença entre SEO e SEM e como usar cada estratégia para otimizar suas ações online? Continue lendo!

O que é e como funciona o SEO?

SEO é a sigla para Search Engine Optimization (em português, Otimização para Mecanismos de Buscas). 

Primeiramente, é preciso entender que os algoritmos do Google foram criados para selecionar as melhores páginas da internet — que são os primeiros resultados quando fazemos alguma busca. 

O SEO reúne estratégias para garantir que o seu site seja acessível e tenha uma alta colocação na página de resultados. 

A otimização é feita por meio da estruturação adequada das palavras-chave. O objetivo é atrair mais visitantes ao seu site de forma orgânica. Ou seja, sem investir em anúncios pagos.

Como utilizar

O SEO trabalha em conjunto com o Marketing de Conteúdo, criando páginas com conteúdo de qualidade e relevantes para o seu público alvo.

Isso inclui diferentes estratégias, como:

  • Fazer a busca adequada das palavras-chave;
  • Utilizar as palavras-chave no conteúdo;
  • Produzir um conteúdo de valor;
  • Criar uma página escaneável e responsiva;
  • Incluir links externos e internos;
  • Melhorar a navegação da página.

Além disso, o SEO pode ser subdividido em atividades On Page e Off Page. As ações para On Page são feitas na página que você quer promover. Além de alinhar as funções de back-end (que envolve tempo de carregamento e programação do site) com front-end (tags, usabilidade, acessibilidade, etc). 

Já as ações Off Page são táticas que ocorrem fora do seu site, como criação de conteúdo e construção de marca. Também pode ser considerada como Link Building.

Aplicar técnicas de SEO significa estruturar site e conteúdo para subir de posição nos mecanismos de busca. Com as estratégias adequadas, é possível que um futuro cliente encontre sua empresa sem que você precise se esforçar diretamente para isso. 

O que é SEM? 

SEM é a sigla para Search Engine Marketing (em português, Marketing de Mecanismos de Buscas). Essa ferramenta realiza ações pagas que buscam aumentar a visibilidade do site nos mecanismos de busca. Também é conhecido como PPC (pay-per-click).

O SEM é dividido em duas partes:

  • SEO: que pode ser considerado uma modalidade de SEM para gerar tráfego orgânico para um determinado domínio;
  • Links patrocinados: são os anúncios exibidos no Google e em outras plataformas. O anunciante pode comprar palavras-chave por meio dessa ferramenta e direcionar para as pessoas que procuram sobre o assunto.

Todas as ações envolvem estratégias, algumas em comum com o SEO, como a pesquisa de palavras-chave.

O SEM usa plataformas de publicidade paga como Google Ads  e Bing Ads para utilizar  os formatos de anúncio disponíveis para alcançar seu público-alvo. Portanto, ele abrange todas as técnicas de marketing relacionadas aos buscadores

Com isso, é possível segmentar as ações de publicidade para as pessoas que realmente apresentam interesse no seu serviço/produto. 

Como utilizar

Essa estratégia envolve desde a configuração e otimização de anúncios pagos até a gestão da conta para aumentar as conversões e os retornos. Normalmente, o anunciante estipula um valor limite para o anúncio e paga apenas quando o usuário clica no link.

Primeiro, é feita uma pesquisa de palavras-chave e a análise da concorrência, depois você pode criar campanhas direcionadas que vão apresentar seu negócio para um público-alvo — a ferramenta mais utilizada é o Google Adwords.

Quando os usuários procuram por um assunto que tem a ver com o seu serviço/produto, será exibido o seu anúncio personalizado. É claro que para isso é preciso ter realizado uma boa campanha de SEM.

Assim, você pode conseguir que seu anúncio fique no topo das SERPs, resultando em uma maior taxa de conversão.

Qual é a diferença entre SEO e SEM?

Basicamente, o SEO proporciona melhores resultados de busca orgânica e o SEM usa os motores de busca para fazer anúncios pagos para clientes da internet, visando aumentar o tráfego do seu site

Por exemplo, quando alguém digita sobre um assunto, aparecem os resultados orgânicos, os primeiros são os que têm mais autoridade e, consequentemente, melhor estratégia de SEO. Já aqueles anúncios que ficam fixos acima dos resultados orgânicos são gerados pelo SEM. 

Listamos  algumas diferenças entre os dois canais. Confira a seguir:

  • O SEO não é manipulável. Não existe a possibilidade de você pagar para estar nas primeiras posições dos buscadores. Já com o Link Patrocinado isso é possível;
  • No SEM você paga por cada clique ou impressão dos usuários. Os cliques nos resultados orgânicos são gratuitos;
  • Os resultados com o SEM são a curto prazo (quase imediatos). Já o SEO pode levar tempo para mostrar os resultados, sendo de médio a longo prazo;
  • Com o passar do tempo, os seus resultados de SEO podem melhorar e o retorno do seu investimento será cumulativo. Com SEM, assim o anúncio é desativado os resultados param por ali;
  • As campanhas de SEM precisam de testes e são mais fáceis de revisar e ajustar (de acordo com os dados disponíveis). O SEO depende do algoritmo e os testes demoram mais tempo para serem ajustados;
  • SEO e SEM têm visuais diferentes. É possível ver claramente quando tem um anúncio pago nos SERPs (são marcados pelo ícone “anúncio”).

É importante entender que SEO e SEM não estão competindo serviços. Inclusive, o SEO é uma ferramenta utilizada dentro das estratégias de SEM. As duas soluções se completam e formam uma estratégia de marketing digital extremamente eficiente.

Qual é a melhor estratégia?

A princípio, SEO e SEM não devem ser considerados como canais separados para aplicar suas estratégias. Os dois trabalham para impulsionar a visibilidade, o tráfego e as conversões nos mecanismos de busca.

Não podemos dizer que um é melhor que o outro, pois tudo varia de acordo com o seu objetivo. Cada um pode ser mais eficiente em determinada estratégia. Por exemplo:

  • O retorno do SEO é de médio a longo prazo. Se você deseja que o seu resultado seja consistente, mesmo que demore um pouco, essa é a melhor escolha. 
  • Agora, se você precisa direcionar tráfego rápido para uma venda, campanha ou para dar um impulso depois de um tempo parado, o SEM é mais recomendado por ter um efeito no curto prazo.

A questão dos custos também devem ser consideradas, já que o SEM pode exigir um investimento maior. É importante estimar o CPC (custo por clique) que você vai precisar pagar e entender sobre a taxa de conversão para obter lucro. O seu orçamento deve ser proporcional ao tempo que deseja manter a campanha no ar. 

O ideal é construir uma estratégia combinando SEO e SEM. Os dois canais estão fortemente interligados e proporcionam muitas oportunidades para impulsionar o crescimento de clientes para a sua empresa.

Usando as técnicas adequadas, você consegue alcançar o sucesso e usufruir de um excelente Retorno Sobre o Investimento (ROI).

Conclusão

Esperamos que este conteúdo tenha te ajudado a compreender sobre SEO e SEM. É importante que você entenda o objetivo de cada canal e como eles podem aprimorar sua estratégia de marketing digital.

Não se esqueça de que usar os dois juntos pode trazer resultados expressivos para o seu negócio. Portanto, se você busca ampliar a presença digital do seu negócio e chegar às primeiras páginas do Google e dos demais sites de busca, deve investir em SEO e SEM.

O marketing digital possui diferentes estratégias e, para ter sucesso, é preciso estar por dentro do assunto.
Quer aprender mais sobre esse mundo? Leia nosso artigo: KPIs de Marketing: o que são e como podem te ajudar com as vendas?